Scripts de importação

Imprimir

Curso Técnico em Enfermagem

“A Enfermagem é uma arte; e para realizá-la como arte, requer uma devoção tão exclusiva, um preparo tão rigoroso, quanto a obra de qualquer pintor ou escultor; pois o que é tratar da tela morta ou do frio mármore comparado ao tratar do corpo vivo, o templo do espírito de Deus? É uma das artes; poder-se-ia dizer, a mais bela das artes!”

Florence Nightingale



Descrição Geral
Competências Profissionais Gerais do Técnico em Enfermagem
Perfil Profissional do Técnico em Enfermagem
Organização Didática
Organização Curricular
Organograma de Pré-Requisitos entre Conteúdos
Corpo Docente
Coordenadora do Curso
Símbolo do Profissional de Enfermagem

Estágio

Descrição Geral


O processo de trabalho em Enfermagem está centrado nas ações do cuidar. Um cuidar que se fundamenta no saber, no fazer e no sentir, voltado ao atendimento das necessidades humanas básicas do paciente/comunidade nas diferentes fases do ciclo vital e comprometido com a prevenção, proteção e promoção da saúde.

 

Mercado de Trabalho

Os profissionais Técnicos em Enfermagem com exercício regulamentado por lei integram uma equipe que desenvolve, sob a supervisão do Enfermeiro, ações de promoção, prevenção, recuperação e reabilitação referenciadas nas necessidades de saúde individuais e coletivas, determinadas pelo processo gerador de saúde e doença. Os profissionais deverão apresentar: bom relacionamento interpessoal, senso crítico-reflexivo e autocrítica, iniciativa, flexibilidade, senso de observação acurado, capacidade de autogestão, dinamismo, criatividade, equilíbrio emocional, abstração, raciocínio lógico e realizar assistência humanizada.

Suas atividades profissionais são desempenhadas em instituições de saúde bem como em Domicílios, Lar de idosos, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, Sindicatos, Empresas, Associações, Escolas, dentre outros. O estágio supervisionado e o registro no Conselho Regional de Enfermagem são indispensáveis.

 

Práticas

  • Unidades Básicas de Saúde;
  • Instituições de Longa Permanência
  • Instituições Psiquiátricas
  • Laboratório de Enfermagem;
  • Evento Acadêmico-Científico;
  • Atividades de Extensão Comunitária;
  • Estágio na área hospitalar (variados setores)

Topo

Competências Profissionais Gerais do Técnico em Enfermagem


As Competências Específicas do Técnico de Enfermagem, respeitando as determinações da Lei do Exercício Profissional, do Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem, da Resolução CEB nº 4/99, das normas institucionais e da supervisão do enfermeiro são:

  • Compreender o processo saúde/doença com determinação social, reconhecendo no mercado de trabalho a estrutura organizacional formal e informal, a cultura e política institucional, as funções e responsabilidades de cada membro da saúde, enquanto prestadores de serviço ao cliente interno e externo;
  • Prestar assistência de enfermagem integral ao cliente em todos os níveis de atendimento a saúde tendo como bases a fundamentação técnico-científica específica em Enfermagem;
  • Participar como agente de transformação nos diferentes processos de trabalho da enfermagem;
  • Realizar atividades de cunho administrativo relacionado a recursos materiais, ambientais e humanos, conhecendo a dimensão intelectual e a operacional deste processo;
  • Desenvolver competências e habilidades necessárias para a assistência de enfermagem especializada ao paciente/cliente dentro de seu âmbito de atuação.

Topo

Perfil Profissional do Técnico em Enfermagem


  • Assistir o enfermeiro no planejamento, programação, orientação e supervisão das atividades de assistência de enfermagem;
  • Prestar cuidados diretos de enfermagem a pacientes em estado grave;
  • Participar das ações de prevenção e controle das doenças transmissíveis em geral em programas de vigilância epidemiológica;
  • Participar dos programas e das atividades de assistência integral à saúde individual e de grupos específicos, particularmente daqueles prioritários e de alto risco, favorecendo melhores resultados e desempenho profissional;
  • Participar dos programas de higiene e segurança do trabalho e de prevenção de acidentes e de doenças profissionais e do trabalho, tendo em vista os preceitos da Constituição da República Federal do Brasil, contidos na seção II, Art.196 de 15/10/88 – Saúde, direito de todos;
  • Integrar a equipe de saúde, tendo em vista o modelo preventivo e a humanização do relacionamento profissional/paciente, buscando melhor qualidade de vida para todos;
  • Preparar pacientes para consultas, exames e tratamentos, prestando esclarecimentos e respeitando sempre seus direitos e sua integridade;
  • Executar tratamentos especificamente prescritos ou de rotina, além de outras atividades de enfermagem, tais como: ministrar medicamentos por via oral e parenteral, realizar controle hídrico, fazer curativos, aplicar oxigenoterapia, nebulização, enteroclisma, enema e calor ou frio e aplicação de vacinas;
  • Prestar cuidados de enfermagem pré e pós-operatórios;
  • Zelar pela preservação do cliente em sua condição patológica, física, espiritual e social;
  • Prestar cuidados de higiene e conforto ao paciente, zelando por sua segurança;
  • Zelar pela limpeza e ordem do material, de equipamentos e de dependências de unidades de saúde;
  • Orientar os pacientes na pós-consulta, quanto ao cumprimento das prescrições de enfermagem e médicas;
  • Executar os trabalhos de rotina vinculados à alta de pacientes;
  • Participar dos procedimentos pós-morte;
  • Cumprir e fazer cumprir o Código de Deontologia da Enfermagem;
  • Anotar, diariamente no prontuário do paciente, as atividades da assistência de enfermagem para fins estatísticos, jurídicos, epidemiológicos e de controle do trabalho realizado.

Topo

Organização Didática


Carga horária

O curso é ofertado com a seguinte organização didática:

  • Duração: 02 anos, divididos em 04 etapas semestrais denominadas Períodos;
  • Carga horária: 1200 horas + 600 horas de estágio supervisionado;
  • Início do turno diário de aulas: 19 horas;

Carga horária de estágio:

O estágio é condição para a certificação, ou seja, como o estágio consta da matriz curricular, o aluno que não realizá-lo fica impossibilitado de receber o diploma de conclusão do curso.

  • Turno de Estágio: Matutino e/ou Vespertino (PODENDO SER ALTERADO POR NECESSIDADE DAS INSTITUIÇÕES CONVENIADAS);
  • Carga Horária: 600h
  • Pré-requisito: Início no 3º período de curso;
  • Limite para conclusão: O estágio deverá ser concluído ao final do 4º período letivo;
  • Áreas de Atuação: Hospital Geral (Clínica Médica, Clínica Cirúrgica, Emergência, Central de Material Esterelizado, UTI, Oncologia); Hospital Psiquiátrico; Saúde do Idoso; Posto de Saúde.

Topo

Organização Curricular


Ingresso em 2012

Ingresso em 2014

Matriz Curricular 2019

Topo

Corpo Docente


  • Bruna do Nascimento Magalhães
  • Dênis Derly Damasceno
  • Fabianne Magalhaes Girardin Pimentel Furtado
  • José Emilio Zanzirolani de Oliveira
  • José Ricardo Rossi dos Santos
  • Luiz Carlos Gomes Junior
  • Marco de Moura Gromato
  • Renata Cristina Conde
  • Rita de Cássia Aguiar
  • Roseli Auxiliadora Barroso
  • Wanderleia da Consolação Paiva

Topo

Coordenadora do Curso


Coordenadora: Renata Cristina Condé

                             Graduação: especialista

                             Email: renata.conde@ifsudestemg.edu.br

 

Topo

Símbolo do Profissional de Enfermagem


  • Lâmpada: caminho, ambiente;
  • Cobra: magia, alquimia;
  • Cobra + cruz: ciência;
  • Seringa: técnica.
  • Cor verde: paz, tranqüilidade, cura, saúde;
  • Pedra Símbolo da Enfermagem: Esmeralda;
  • Cor que representa a Enfermagem: Verde Esmeralda;
  • Símbolo: lâmpada, conforme modelo apresentado;
  • Brasão ou Marca de anéis ou acessórios: Enfermeiro: lâmpada e cobra + cruz Técnico e Auxiliar de Enfermagem: lâmpada e seringa.

Enfermeiros: Enfermeiros Técnicos em Enfermagem: Técnicos em Enfermagem

Topo